Feeds:
Posts
Comentários

Com Título tema- “Uma luz na consciência vai brilhar”- da G.R.E.S. Unidos da Bocaina levou a Avenida Victor Sense com o enredo “A Criação da roda” abordando desde o tempos remotos da origem do homem, como Idade da Pedra- por meio de histórias da ficção como Flinstons até os tempos atuais com os beneficios que a  modernidade nos traz, mas também o problema com imprudência no Trânsito como acidentes que levam a deficiência e até a morte, falou do Ayrton Sena, héroi brasileiro que trazia tantas alegrias aos Brasileiros aos domingos e que teve sua vida tirada por um carro de corrida    e falou da importância da prevenção de acidentes cantando se beber não dirija e se dirigir não beba e como também abordou o tema da acessibilidade das Pessoas com deficiência, que realça a importância Declarada nas Nações Unidas sobre Direitos Humanos no “Art.XIIº Todos temos direito de ir e vir, mudar de cidade, de Estado ou país”.

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Conceição de Macabu-RJ em nome de todas as pessoas com deficiência de nosso Município, vem a público parabenizar por esta bela iniciativa da G.R.E.S. Bocaina que Contando a História da Roda e Conscientizando com a Harmonia e a Beleza pelo conjunto da obra com Alegria do Carnaval foi coroada com o Campeonato de 2012 como a melhor escola de Samba; e também não deixar de Parabenizar todas as Escolas de Samba e Blocos de Enredos que abrilhantaram nosso Carnaval  Macabuense.

‎”O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Conceição de Macabu fundado pela Lei Municipal 842/07 é um Grupo de Pessoas eleitos em voto popular e que lutam, por que sentem na pele o dia-a-dia de pessoas com limitações, mas que se Supera a cada dia não só para si, mas pelo próximo que sofre e que é todo aquele que precisa de recorrer aos Direitos e a Inclusão, apesar de uma Sociedade que ainda ignoram a Pessoa com Deficiência por meio de preconceitos, será uma barreira a ser Superada por meio de nosso movimento de ativismo, pois o nosso Conselho não ganha R$ 0,00 um centavo tudo é doação de tempo e puro ativismo, queremos discussões de soluções que poderão transformar a nossa Sociedade para uma Sociedade mais justa, digna, inclusiva, igualitária em relação as Pessoas com os variados tipos de deficiência para que sejam respeitados em seus Direitos, pois todos nós somos irmãos, não sabemos o dia de Amanhã, podemos ficar doente ou enfermos precisaremos de recorrer aos nossos Direitos, e é certo que quem viver até os 80 ou mais e não ficar deficiente sentirá na pele como é a Discriminação como acontece com deficientes, o Conselho Deficiência Macabu vem por desta mensagem mostrar para que viemos e também prestar contas de todo o trabalho que foi desenvolvido por esta 2º gestão de 2010/2012.

_______________________________________________________________________

Conquistas do CMDPD gestão 2010/2012, REFERENTE ANO 2010 e 2011:

*Adquirimos para um Deficiente ser atendido no HOSPITAL SARAH e também para o mesmo medicação e fraldas através de processo de Ordem Judicial desde 2009; * Reivindicamos e efetivamos através da Prefeitura desde 2011 a Contratação de Professores de Braile e Libras para atendimento de alunos da rede escolar; * Incentivo á acessibilidade nos Correios; *Solicitamos em Ofício Adequação dos Prédio Públicos ( rampa de acesso as plataformas de embarque e desembarque na rodoviária, rampa na entrada central da prefeitura, biblioteca, banheiro público adaptável nas repartições públicas etc.); *Solicitamos em ofício Demarcações de vagas de estacionamento entorno da Praça José Bonifácio Tassara e em vias públicas; *Solicitamos em ofício e em Emenda a Construção do Banheiro público adaptável ; *Conseguimos viabilizar os transportes para pacientes realizarem perícias em diversas localidades do Estado; *Realizamos Conselhos Itinerantes no intuito de conscientizar a população com panfleto e vídeos explicativos; * Fiscalizamos junto com Poder Legislativo o Orçamento de 2011; *Realizamos o Censo Municipal da Pessoa com Deficiência de Conceição de Macabu; *Realizamos o Projeto: CMDPD ADVETE: Use Capacete, com um Stand no 7º Encontro de Motociclista e exibição da Campanha com o filme com o Título: “Conscientizar é Prevenir” em vários pontos do Evento, conscientizando sobre os acidentes de motos e campanha de acessibilidade ; *Realização de duas festividades no Dia do Deficiente com o Projeto: Deficiente do Ano; *Solicitamos uma Emenda que garantisse no Orçamento de 2012, recursos para as instituições filantrópicas que atendam pessoas com Deficiências ( APAE, Asilo Santo Antônio e Pestalozzi).

“É dever dos Conselhos de Direito zelar pela Publicidade e Transparência das Ações de controle Social em relação as Pessoas com Deficiência em nossa Sociedade”

FIA rompe convênio com a instituição em Conceição de Macabu

A Fundação para a Infância e Adolescência (FIA-RJ), órgão da administração indireta do Governo do Estado do Rio de Janeiro, decidiu na semana passada suspender o convênio com a Associacão Pestalozzi de Conceição de Macabu. Durante anos, a FIA mantinha um acordo com a instituição de referência nesta área. A Fia ainda não informou o real motivo da transferência dos alunos da Pestalozzi para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).
Segundo o presidente da APAE de Conceição de Macabu, Paulino Leal Cardoso, a FIA-RJ procurou a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais para firmar este convênio. “Fui chamado na semana antes do réveillon e fizemos um projeto, no qual trabalhamos o final de ano para separar a documentação. Depois encaminhamos para a FIA e firmamos um novo convênio por seis meses. Matriculados hoje contamos com 86 meninos. E já começamos o trabalho de atendimento de todos eles”, revelou.
De acordo com a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD) de Conceição de Macabu, Cátia Appicello, a possível causa da suspensão do convênio deve ter sido a administração da Pestalozzi. “Acompanho a instituição de perto e o problema sempre foi o mesmo: a administração. A FIA-RJ decidiu não fazer mais convênio com a Pestalozzi devido aos problemáticos existentes lá. O Conselho Municipal acredita que a instituição precisa pagar a dívida interna. E o grande problema foi que a Pestalozzi perdeu temporariamente o maior convênio”, afirmou.
Já a equipe da Associacão Pestalozzi informou que encontra-se aberta para a comunidade. “A instituição não está fechada. Porém, não posso afirmar se houve problema administrativo na Pestalozzi. Não tenho essa autonomia. O nosso maior convênio era com a FIA, uma parceria de 19 anos. Hoje estamos sem os alunos da FIA, mas contamos com alunos da comunidade. Apenas um convênio foi suspenso por um tempo, que eu acredito até março deste ano”, disse a auxiliar administrativa da Pestalozzi de Conceição de Macabu, Denise Luiza Lage Ferraz.
Segundo Denise, é uma perda grande pra a instituição. “Não só para a Pestalozzi, mas também para os alunos que tem um vínculo afetivo muito grande conosco. Não é porque perdemos o convênio da FIA que a nossa instituição vai fechar. Vamos continuar com as portas abertas procurando novas parcerias”, ressaltou.
O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência visa pela melhor qualidade de atendimento. “Não foi por causa do Conselho que a Pestalozzi perdeu o convênio. Acredito que a instituição precisa ter uma pausa para analisar e verificar o que tem acontecido. Ter tranquilidade para poder se fortalecer e retornar forte. O Conselho também entende que neste momento a melhor opção para os meninos foi se dirigir para a Apae”, revelou Cátia Appicello.
Para o Conselho, o trabalho agora será de mais fiscalização na APAE. “Vamos acompanhar de perto a adaptação dos meninos para saber o que tem acontecido realmente. Vamos pedir um relatório à instituição e acredito também que a FIA deve assistir de perto essa troca dos meninos”, relatou Cátia Appicello.
A equipe do JORNAL EXPRESSO REGIONAL entrou em contato com a empresa responsável (que colabora na formulação de políticas públicas de garantia de direitos na área da infância e adolescência, bem como articular serviços e ações de proteção social, voltados para crianças e adolescentes que se encontram com seus direitos violados e ou ameaçados). Até o fechamento do jornal a Fundação para a Infância e Adolescência (FIA-RJ) não se pronunciou sobre o assunto.

.

Fonte: Jornal Expresso Regional -09/01/2012


 

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Conceição de Macabu-RJ(CMDPD.Macabu) convida a todos para participarem da reunião Ordinária nesta 3ª feira, dia 13 de Dezembro de 2011, às 19 horas na Secretaria Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social, situado na  Rua José Augusto da Silva, 57, Vila Nova, Conceição de Macabu-RJ.

Vale relembrar que o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência é um órgão paritário,
autônomo, de caráter permanente, articulador, normativo, deliberativo, consultor e fiscalizador da
política voltada para defesa dos direitos e para a integração da pessoa com deficiência, no âmbito
municipal, respeitadas as diretrizes da lei federal de nº 7.853 de 24 de outubro de 1989 e do
decreto federal de nº 3.298 de 20 de dezembro de 1999, sempre de acordo com a legislação vigente
no país.

A União faz a força!

“Não deixem de ir pois Unidos, seremos sempre mais+ fortes pela luta e conquista de nossos direitos !”

No último dia 03 de dezembro de 2011, foi celebrado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, instituído em 1998 pela Nações Unidas- ONU, e esse problema atualmente atinge 10% da população mundial, ou seja pelo menos 700 milhões de pessoas em todo o mundo, possui alguma deficiência mais de uma ( multipla) e a maioria vive abaixo da linha de miséria e em condições precárias de vida, sem acesso à serviços de saúde, de educação, trabalho, lazer, e a inclusão em todos os sentidos na Sociedade, e também a acessibilidade arquitetônica e urbanística de nossas vilas , passando por cidades pequenas, médias à gigantescas megalópoles, falta muito para ser feito e é o desafio a ser superado pela humanidade, temos que quebrar a ideologia do Paradoxo Grego-Romano aonde só preza o belo, o perfeito ,o forte, as aparências, nesse dia vamos pensar, refletir e deixar tocar o nosso coração, para que tenhamos as soluções viáveis para a dignidade de todas essas pessoas que são nossa imagem e semalhança, nossos irmãos, aí a Sociedade alcançará a uma verdadeira justiça que leva a paz, pois em nossa cidades tem pessoas que estão em situação precárias muito delas estão morrendo por aí, e depende de nós, e a prevenção das deficiências, seja no trânsito, ou na área de saúde preventiva e que o dia Internacional da Pessoa com Deficiência, possa acontecer todos os dias por meio de atitudes que quebrem as regras de um sistema Capitalista e desumano!

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência- 03 de Dezembro

Segundo as Nações Unidas - ONU, e esse problema atinge 10% da população mundial, ou seja, pelo menos 700 milhões de pessoas em todo o mundo, possui algum ou mais de um tipo de deficiência.

A União faz a força!

Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência articula e organiza ações já desenvolvidas no âmbito do governo federal

São Paulo – A presidenta Dilma Rousseff participou nesta quinta-feira (17) do lançamento do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o Viver Sem Limite. Ela emocionou-se no início da cerimônia ao comentar as presenças das filhas do deputado federal Romário (PSB-RJ) e do senador Lindbergh Faria (PT-RJ), que são portadoras de Síndrome de Down.

Ela não conteve o choro ao fazer menção às presenças. A seguir, disse: “Estamos aqui para celebrar a coragem de viver sem limites. É incrível a força que há nas pessoas para vencer desafios e superar limites”. “São brasileiros que podem realizar plenamente seus sonhos individuais, mas podem e devem ajudar a concretizar o nosso sonho coletivo”, afirmou.

O programa articula e organiza ações promovidas por 15 órgãos do governo federal. Ao fazê-lo, a aposta é de que podem ser aprimoradas e fortalecidas as iniciativas de modo a eliminar barreiras e garantir inclusão social, autonomia e acesso da população com deficiência a bens e serviços. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 45,6 milhões de pessoas – ou 23,9% dos brasileiros – têm com algum tipo de deficiência.

O Viver Sem Limite tem previsão orçamentária de R$ 7,6 bilhões até 2014. A coordenação do programa cabe à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Há metas traçadas para o conjunto de ações também com prazo de 2014.

A articulação marca o programa. Por exemplo, no que tange à Acessibilidade, uma das ações é a construção de 1,2 milhão de moradias adaptáveis pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Obras de mobilidade urbana para Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas de 2016, bem como as do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) terão, obrigatoriamente, de ser adaptadas a pessoas com deficiências.

Em educação, um dos objetivos é levar de 229 mil para 378 mil o número de crianças e adolescentes nas salas de aula do país. Para cursos federais de formação profissional e tecnológica, a previsão é de 150 mil vagas para pessoas com deficiência. Isso vai exigir adequar prédios de escolas públicas e de instituições federais de ensino superior a condições mínimas de acessibilidade.

O governo promete incluir, no eixo Saúde, dois novos exames no teste do pezinho em recém-nascidos, de modo a verificar condições específicas mais precocemente. Para a reabilitação intelectual, física, visual e auditiva, serão implantados 45 centros de referência.

Com 660 novos profissionais de saúde em órteses e próteses até 2014, o objetivo é elevar em 20% o fornecimento desses equipamentos, especialmente os auxiliares à locomoção. O atendimento odontológico terá incremento de 20% nas verbas repassadas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) para 420 centros.

O programa inclui ainda a possibilidade de um trabalhador com deficiência, caso perca o emprego, receber um Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de uma bolsa de estudos para requalificação. Há metas de encaminhamento de 50 mil pessoas a postos de trabalho adaptados.

Fonte: Rede Brasil Atual

Reunião do CMDPD.Macabu

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Conceição de Macabu-RJ(CMDPD.Macabu) convida a todos para participarem da reunião Ordinária nesta 3ª feira, dia 22 de Setembro de 2011, às 19 horas na Secretaria Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social, situado na  Rua José Augusto da Silva, 57, Vila Nova, Conceição de Macabu-RJ.

Vale relembrar que o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência é um órgão paritário,
autônomo, de caráter permanente, articulador, normativo, deliberativo, consultor e fiscalizador da
política voltada para defesa dos direitos e para a integração da pessoa com deficiência, no âmbito
municipal, respeitadas as diretrizes da lei federal de nº 7.853 de 24 de outubro de 1989 e do
decreto federal de nº 3.298 de 20 de dezembro de 1999, sempre de acordo com a legislação vigente
no país.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.